Cirurgias Minimamente Invasivas da Coluna Vertebral

Atualizado: 17 de Nov de 2019



A Cirurgia Minimamente Invasiva da Coluna Vertebral é um conceito que inclui adotar técnicas que causem menor trauma cirúrgico nas estruturas da via de acesso à doença em si (exemplo: hérnia de disco), como pele, músculos, e mesmo estruturas ósseas e articulares e, consequentemente, resulta em maior preservação das funções fisiológicas das estruturas da coluna vertebral.


O objetivo é se obter o mesmo (ou maior) sucesso que a cirurgia convencional no tratamento da doença, porém, minimizando lesões teciduais adicionais. Desta forma, diminui sangramento intra-operatório e dor pós-operatória e se permite um retorno mais rápido para as atividades diárias.


Técnicas minimamente invasivas podem ser utilizadas no tratamento de dores musculares, articulares, hérnias de disco, listeses, fraturas da coluna, dentre outras doenças.


Autor: Dr. Alécio Barcelos - Neurocirurgião, PhD

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Ressecção de tumores espinhais

O tumores espinhais podem se originar de diferentes compartimentos da coluna vertebral. Em princípio, a estratégia terapêutica depende da presença ou não de comprometimento neurológico, do diagnóstico

Cirurgias de correção de deformidades

Existem diferentes causas de deformidades da coluna vertebral. Podem ser congênitas, idiopáticas (como a escoliose do adolescente), pós-traumáticas, degenerativas ou secundárias a tumores ou infecções