Malformações da transição crânio-cervical

Atualizado: 17 de Nov de 2019

Durante o período embrionário, podem ocorrer malformações de diferentes regiões da coluna. As malformações mais comuns da transição crânio-cervical (região da nuca) são a Doença de Chiari e a Invaginação Basilar.


A Doença de Chiari ocorre em virtude de uma desproporção entre o continente e o conteúdo. O continente, representado pela fossa posterior, que é o espaço do crânio internamente à região da base da cabeça, e o conteúdo, representado pelo cerebelo e tronco encefálico, estruturas neurais dessa região.


A Invaginação Basilar ocorre em virtude da instabilidade da articulação entre a primeira (atlas) e a segunda (axis) vértebras cervicais. Ao longo dos anos, ocorre cifotização (angulação anterior) do crânio em relação à coluna cervical e instabilidade atlanto-axial vertical, que resulta em compressão do tronco encefálico, causando lesão neurológica.


Em ambas as doenças, uma intervenção cirúrgica pode ser necessária para melhorar o quadro neurológico ou evitar danos adicionais.


Autor: Dr. Alécio Barcelos - Neurocirurgião, PhD

4 visualizações

Notícias e dicas de saúde

CONVÊNIOS

DO INEURO

convenios.png
convenios.png
convenios.png

Instituto de Neurocirurgia e Cirurgia da Coluna
Localizado em João Pessoa, na Paraíba. Formado exclusivamente por neurocirurgiões titulados, oferecemos qualidade no atendimento, diagnóstico e procedimentos cirúrgicos.

ineurologo.png

Mídias Sociais:

logo-ineuro.png